DEPOIMENTOS

Dor na coluna 

 Músculo Gracilis e Adutor longo

Há três anos, tive uma queda. O piso estava molhado e, ao cair, as minhas pernas abriram em espargata,  o que provocou a rutura dos músculos próximo da virilha como se estivessem rasgado. Desde então, passei a sentir muitas dores nesta zona e cada vez mais piorava.  Sentia dores e já não conseguia caminhar bem. Também não dormia bem. Não estava a tomar mais medicamentos uma vez que nada resultava. Só fazia sessões de Osteopatia para aliviar as dores. Foi quando a minha mãe, me falou de Dr. Almiro. Confesso  que estava desacreditada, pois já tinha percorrido tantos lugares. Para minha alegria, os resultados foram muito bons e na quarta sessão eu já não sentia mais dores, caminhava e dormia bem. Minha melhora foi progressiva e contínua. Do problema que eu tinha na virilha posso afirmar que neste momento não sinto mais nada.

 

Paula Rocha, empresária. Vale de Cambra Portugal

em 25-02-17

“Já havia tentado de tudo e percorrido vários lugares”

Quando cheguei ao Dr. Almiro, eu tinha muita dor na coluna e estava muito limitado.  Três a quatro horas depois de sair da cama, eu já não conseguia andar direito. Já havia tentado de tudo e percorrido vários lugarese buscados vários especialistas. Comecei a pesquisar e descobrir a quiropraxia inka no México através da Internet. Ao ligar para o Dr. César Arias para marcar uma consulta, ele disse-me que eu não precisava viajar pois havia em Portugal um médico que havia sido formado por ele. Foi assim que cheguei até o Dr.  Almiro.  Estou na terceira consulta e posso adiantar que já me aguento mais tempo de pé e já não dói tanto. 

Jorge Fernandes, chefe de cozinha. Guarda, Portugal .  01-09_2016

Dor crônica

M.R. H,50 anos, secretaria executiva

. 

“Fiquei livre da cor ciática”

Eu sentia-me muito doente com dor ciática e apesar da fisioterapia eu não me tinha melhoras, pois andava um bocadinho melhor e depois a dor voltava. Nos últimos tempos passei a sentir uma dores tão horríveis que não conseguia nem caminhar. Tomava analgésicos, injeções e nada me fazia melhorar. Foi quando conheci o Dr Almiro, na Feira da Saúde. Falei do meu caso e lá mesmo ele me analisou e fez um primeiro atendimento e já me senti um bocadinho melhor. Depois disso, procurei o Dr Almiro no consultório e dei continuidade ao tratamento e hoje posso dizer que estou boa.

Tinha uma dor que os médicos chamavam de dor crônica. Começava no centro das costas e espalhava-se para as omoplatas. Ninguém podia tocar nas minhas costas. Devido as dores, há muitos anos não sabia o que era dormir bem. Alguém me aconselhou fazer uma consulta com o Dr. Almiro. Bendito o  dia que eu o conheci. No  segundo dia, eu já conseguia dormir melhor. Hoje durmo bem e as minhas dores já não são o que eram. O Dr. Almiro é muito humano, atencioso e competente como médico.

Dor Crônica

Maria Amélia Macedo, Vale de Cambra. 

Sempre tive uma boa saúde fisica, mas com a idade o corpo vai ficado mais fragil,  as doencas aparecem e as dores tambem. É a lei da vida. Eu conheci o Dr. Almiro passando  pela porta do seu consultório e vendo o seu cartaz.  Eu tinha uma dor no ombro, pescoço e nas costas. Esta ultima foi provocada por ter levantado uma caixa bem pesada. O Dr. Almiro começou a fazer os tratamentos nas minhas dores e aqui estou bem e já sem dores. Muito obrigado Dr. Almiro.

A. Van K. - 74 anos - reformada

"Durante seis meses, senti muita dor na coluna.  Já tinha feito três consultas e tratamentos diferentes, mas  as dores persistiam. Era dificil dormir e até mesmo sentar.  Há cinco meses cheguei a primeira consulta com Dr. Almiro nos braços dos meus irmãos por que  não conseguia andar.   Passados três semanas de tratamento,  já  andava, descia e subia os pequenos degraus da clínica em posição normal e sozinha. Sei que é um processo lento, mas progressivo e o melhor: sem uso de medicamentos fortes.  Sou muito agradecida pelo profissionalismo deste médico. Ele é muito cuidadoso, atencioso e prestativo com todos os doentes."                              

Já não conseguia andar
Dor no ombro, omoplata e calcalcanhar

Ouvi falar do Dr. Almiro através da minha secretaria que já era sua paciente. Ele resolveu uma dor que eu tinha no calcanhar esquerdo, no ombro e na omoplata. Também adormecia-me os dedos das mãos. Depois de tratar as dores, passou  a cuidar da minha saúde interna. Hoje está tudo bem".  

E.C, 46 anos, professora  

Dores nas costas

SH. M. A. - 57 anos,  Embaixador

Rinite  alérgica

Passo muito tempo sentado a secretaria e ao telefone. Já há algum tempo, sentia dores nas costas e dormia muito mal. Uma amiga,  que é paciente do Dr. Almiro, falou-me dele e comecei a fazer tratamentos. Hoje durmo bem e as dores lombares passaram.

Tinha problemas de rinite, era alérgica a todo o tipo de cheiros mais activos. Tinha sempre o nariz entupido. Tomava diariamente comprimidos químicos para minimizar a minha rinite que muito me incomodava. Quando ouvi falar do dr. Almiro,  marquei uma consulta e, na segunda sessão, comuniquei-lhe que tinha deixado de tomar os medicamentos para o nariz.  Ao falar disso  eu me emociono, pois pensava que eu teria que tomar essas cápsulas para o resto da minha vida. Com simples técnicas, ele tem me ajudado muito. Além disso, receitou-me uma dieta para fortalecer o meu sistema imunológico.

K. Van K., 52 anos, funcionária pública

"Cheguei ao Dr Almiro com tanta dor na coluna que não andava sem ajuda das pessoas. Tudo para mim era inútil.  Não sentia sabor nem cheiro. Não conseguia andar, falar, ouvir. O meu estado de saúde afectava meu humor. Estava muito nervosa. Agora, com duas semanas que iniciei o tratamento, já me sinto bem melhor. Ainda sinto dores mas nada comparado ao que estava.   Já posso falar e ouvir as pessoas.  Posso andar, sentar. Meu  humor melhorou. Já não me sinto nervosa como antes.  No estado em que eu cheguei, posso dizer que tive uma melhora significativa.

S. N. - 43 anos, gestor de empresas

Já não andava sem ajuda
Dor de ombros e  costas

"Estou muito melhor. Sem comparação com o que eu passei. Já não sinto as dores nas costas e coluna.  O meu ombro está quase bom. O Dr. Almiro é um médico persistente, competente, e paciente com os seus doentes, atencioso e bom ouvinte."

A.S.G, 49 anos, funcionária pública

S. A - 45 anos, secretária

Dor no ombro e omoplata

"Tive um câncer  na região do umbigo e intestinos. Conheci o Dr. Almiro Ferreira  na pior fase da minha vida, quando tudo parecia que ia desabar sobre mim.  Conheci-o através do meu cunhado e da minha sobrinha que eram pacientes dele. Ele veio ver-me. Foi  sempre muito prestável, simpático e sempre me animou.  Receitou um emplastro de argila virgem para colocar no abdómen e só assim  melhorei  das dores. Para além disso, mudou toda a alimentação que eu tinha e receitou-me outra totalmente diferente. Cumpri integralmente tudo o que ele me receitou.  Hoje, eu estou curada e  praticamente passei a ser vegetariana. Os médicos que me operaram dizem que eu sou uma nova mulher. Ficam admirados com a minha rápida recuperação. Eles perguntaram o que eu estava a fazer para além da quimioterapia e da medicação para as dores, eu lhes falei do meu médico, Dr. Almiro e o que ele fez por mim.   Recomendo o Dr. Almiro a todas as pessoas que estão a passam por aquilo que eu passei e que precisam de um acompanhamento mais personalizado. Está sempre pronto a ajudar a qualquer hora do dia e a qualquer dia da semana e  tem sempre uma palavra de conforto e de carinho. É um excelente e competente médico.                                                                             

H. Van G.  -39 anos - Vendedor

F.J.B. - 50 anos, Cozinheira

A minha profissão requer muito esforço e movimentos repetitivos. Já há alguns anos que me doíam os ombros e os braços, principalmente o direito, o qual faço mais esforços. Vinha fazendo  massagens e  andando com as dores. Mas cheguei a um ponto de rotura total, que não aguentava mais com as dores. Quando entrei pela primeira vez no consultorio de Dr. Almiro, pensei que iria morrer com tanta dor no ombro e braço direito. Nunca estive assim na minha vida. Nesse dia, eu chorava muito com as dores, pois elas eram insuportaveis. Ele tratou-me com muito carinho e esteve comigo uma hora e trinta minutos trabalhando e conversando. Aos poucos fui me acalmando e voltei  para casa sem dor.  Recomendo muito medicina natural do Dr.Almiro. E falo por experiência própria.

Há algum tempo sentia uma dor ligeira na omoplata e na parte mais central das costas. Comecei os tratamentos com o Dr. Almiro e tenho me sentido muito bem. Gosto da maneira como ele trabalha. Acho que é um bom profissional, leva a sério a sua profissão, gosta do que faz. Como paciente sinto isso.

R. S.  - 59 anos- Diplomata

Há aproximadamente 2 anos que eu tinha uma dor na omoplata e no ombro esquerdo. Agravou-se mais de uns tempos para cá quando comecei a viajar. Viajo  muito pela  Holanda, Belgica e Alemanha. Marquei uma consulta com o Dr. Almiro e passei a fazer tratamentos  com ele uma vez por semana. Ele aplica algumas técnicas novas para mim, mas aos poucos  a minha dor foi reduzindo. Sinto uma enorme diferença.  Eu recomendo muito o Dr. Almiro. 

Câncro
Ombros e braços
ombros eomoplata

 C. S.C., 46 anos, Comissária de Bordo

Ja há 8 anos que tenho dores na cervical, lombar  e sobretudo no coccix que irradiava para a nadega/perna e internamente ate a vagina. Com as dores eu dormia  muito mal.

Quando me aconselharam ir ao Dr. Almiro eu fiquei um pouco cética, visto que ja percorri muitos medico. Fiz alguns tratamentos com o Dr. Almiro e pouco a pouco comecei a melhorar. As dores começaram a diminuir e passei a  dormir melhor, isto sem nenhuma medicação.  

S. A. - 54 anos - recepcionista

Pela internet soube do dr. Almiro e procurei-o para uma consulta.

Eu tinha dor na regiao do figado e lateral direita, a dor vinha e desaparecia pr alguns dias, vinha e ia, era intermitente. Fiz 6 tratamentos com o Dr. Almiro e estou satisfeita com os seus tratamentos, pois não senti mais dores.

P. K. - 42 anos de idade - jornalista

Trabalho muito. Fora e dentro de casa. Fico muito tempo sentada no computador e tenho excesso de peso. Há mais de um ano, vinha sentindo dores nas costas, lombar, cervical, no pulso da mão direita e no tornozelo do pé esquerdo. Não dormia bem, sofria muito de prisão de ventre. Reconheço que são  muitos problemas  para uma pessoa só e com a minha idade. Ficava imaginando que quando chegasse aos sessenta ou setenta anos, o que seria de mim?  Tomei  consciência que tinha de  cuidar da minha saúde, pois se não for eu a  cuidar de mim, ninguem mais vai se importar. Procurei o Dr. Almiro que começou a tratar-me com as suas técnicas manuais. Depois de algumas sessões, sinto-me muito bem.  Durmo bem e a já não tenho prisao de ventre. Uma das coisa que ele me dizia era: - "todo o alimento que entra tem que sair depois  8 a 11 horas. Se isso não acontece alguma coisa esta errada no nosso equilíbrio biologico". Neste momento não tenho dores nas costas, meu pulso melhorou muito, o meu pescoço dói, mas só casulmente. Sinto dores ainda no tornozelo, que eu sei que é o excesso de peso que tenho. O dr. Almiro ja falou que gostaria de me ajudar a perder peso. Gosto muito dele. É muito competente profissionalmente e simpatico.

Cervical, lombar, coccix
Dor  crônica

J.C.G. - 34 anos. Secretária 

Dor de costas

Cheguei ao Dr. Almiro com muita dor nas costas e muito cansada. Tinha dores de cabeça e muita dificuldade para dormir. As dores nas costas diminuíram muito apenas com o primeiro tratamento. Na primeira noite também consegui domir bem. Já consigo me agachar e fazer coisas que antesnão conseguiapois doía muito.

Sandra Pinho, operaria fabril.

Vale de Cambra Portugal.

Em 30-08-2016

Quando eu cheguei ao Dr. Almiro,  eu mal caminhava."

Eu tinha muitas dores na coxa e joelho esquerdo. Era uma dor que descia até o tornozelo. E quando eu estava deitava, aí  era que doia muito. Era difícil  levantar da mesa, pois as pernas não acompanhavam. Eu me agarrava à mesa e quase a levava comigo. Para levantar da cama, então, era um circo.. Quando eu cheguei aqui a primeira vez, eu mal caminhava.. Hoje já não sinto nenhuma dor quando estou deitada. Já me levanto da cama e da mesa facilmente. Tenho 74 anos e passo roupa em pé quatro horas de manha e quatro horas, à tarde. E não paro quieta. Ainda sinto alguma dor, mas nada como antes. Posso dizer que melhorei muito mais de 80% Dr. Almiro foi uma benção de Deus na minha vida. Graças a minha amiga Cidalia, pude conhecê-lo."

Cervical e lombar

Quando cheguei para primeira consulta, eu tinha fortes dores na lombar, cervical e na planta dos pés.  Fiz alguns tratamentos com o Dr. Almiro e neste momento não tenho mais dores na coluna e não me doem mais os pés. Recomendo o Dr. Almiro. É um óptimo profissional.

J. H. - 52 anos, professora

Dor na perna e peito do pé

Sou hipertenso e tenho um pacemaker.  Tinha uma dor na perna e no peito do pé, já algum tempo. Resolvi vir a clinica do Dr. Almiro por indicação de um amigo e com poucos tratamentos fiquei bom. Já não me dói mais a perna e nem o pé. O Dr. Almiro é um eficiente profissional.

M.M.A. - 46 anos, funcionário embaixada.

Armida Soares,  74 anos.  Codal,  Vale de Cambra  depoimento concedido em 29.03.18