Posts Recentes

Trocou o sofá pela academia. Fez seu próprio plano alimentar e perdeu 14kg


Aos 17 anos, a estudante de Enfermagem Rita Santos pesava 74 kg. Foi nesta altura que deixou de subir à balança. No auge da adolescência, apesar de nunca ter sido discriminada, sentia que todos a chamavam de gordinha. Tinha complexo em relação ao corpo, pois apesar de nunca ter sido magra, sabia que estava com peso a mais para os seus 1,63 m de altura.


Ela conta que tudo começou em 2014, aos 16 anos, quando andava no 10º ano. “Nas tardes livres, vinha para casa e sentava-me no sofá a ver televisão e a comer. Comia bolachas, batatas fritas, chocolates, bebia refrigerantes... Comia tudo o que me apetecia e o que de mais gordo tinha na cozinha. E para piorar a situação nunca gostei de fazer desporto”, recorda ela que a certa altura passou a esconder as caixas e pacotes vazios para evitar a repressão dos pais.


Foi no Verão de 2015 que Rita decidiu mudar radicalmente o seu estilo de vida. Trocou o sofá pelas aulas de zumba e posteriormente de Jump. Disse adeus às comidas ricas em hidratos de carbono e pobres em nutrientes. Através da Internet, estudou e procurou que tipo de comida poderia turbinar o seu corpo e melhorar a sua saúde. “Aprendi imenso com as minhas pesquisas e fiz eu mesma o meu próprio plano alimentar. Abri o meu mundo à alimentação saudável. Hoje após 2 anos, tenho 14 kg a menos e muito mais saúde. Além disso, o desporto virou uma rotina e um vício bom”, conta a estudante.


Determinação e persistência




Ela lembra que o início foi muito difícil pois o corpo estava tão intoxicado que implorava por açúcar, mas a força de vontade aliada aos resultados na balança e no espelho foram o seu maior estímulo para seguir em frente. Com a perda do peso, além de ter melhorado a sua auto imagem e auto estima, Rita teve muitos outros ganhos em saúde. “Lembro que o meu colesterol estava a aumentar de análise para análise. Os meus valores hormonais estavam elevados. Hoje tudo se normalizou”, afirma.



É verdade que a mudança de estilo de vida exige muita determinação e persistência para resistir as tentações e não desistir! Não só porque os ganhos em saúde e a perda de peso vem apenas gradualmente, mas sobretudo porque o novo comportamento acaba por afetar as pessoas à nossa volta. “Inicialmente os meus pais ficavam de pé atrás em relação ao que eu comia,. Era tudo novo também para eles. Além disso os alimentos naturais são mais caros. Hoje a minha mãe já tem alguns hábitos alimentares iguais aos meus e o meu pai já começa a aderir, aos poucos”, ressalta ela que hoje já não bebe refrigerantes e procura evitar os fritos.


Pesquisar, conhecer e aderir a uma alimentação saudável exigiu de Rita o desafio de preparar diariamente as suas próprias refeições. Por isso nós a convidamos para compartilhar connosco as suas nutritivas e deliciosas receitas.


Veja como Rita Santos se alimenta hoje





#emagrecer #comidasaúdavel #alimentaçãosaudável

Siga
Nenhum tag.
Procurar por tags
Arquivo
  • Facebook Basic Square

Olá, sejam bem-vindos!